PORTUGUÊS ENGLISH
  |  
PRODUTOS > ESTUDOS > Perfil do Turista do Porto e Norte de Portugal que viaja em companhias Low Cost ou de Bandeira
ESTUDOS
Perfil do Turista do Porto e Norte de Portugal que viaja em companhias Low Cost ou de Bandeira

O estudo compara os perfis dos turistas que visitam o Porto e/ou o Norte de Portugal e que deixam este destino via Aeroporto Francisco Sá Carneiro, considerando o tipo de companhia aérea utilizada. Os dados foram recolhidos mensalmente, em 2011 e 2012, utilizando um inquérito por entrevista pessoal, aplicado na sala de embarque do Aeroporto. Os inquiridos foram selecionados por conveniência enquanto esperavam pelo voo e a amostra foi estratificada por Aeroporto de destino, tendo em conta o número de passageiros que voam para os mesmos. Os sujeitos foram pré-qualificados antes de responder ao questionário, eliminando-se os Residentes e Passageiros em Trânsito. Os resultados que o estudo apresenta referem-se a uma amostra de 4.119 turistas. O estudo apresenta, para cada tipo de companhia aérea, o perfil sociodemográfico e profissional dos turistas, as motivações, as caraterísticas da visita, o consumo total, a satisfação com a visita e as intenções de recomendar e de visita ao Porto e Norte de Portugal (PNP).

O MANUAL RESPONDE A QUESTÕES COMO:

• De onde chegam e como chegam os turistas?
• Quanto gastam e onde gastam, por companhia aérea de chegada?
• Quais as atividades praticadas na região, por companhia aérea de chegada?
• Qual a satisfação global, por companhia aérea de chegada?
• Quais os meios de deslocação no PNO, por companhia aérea de chegada?

DOCUMENTO: Ficheiro Digital (PDF)
NÚMERO DE PÁGINAS: 38

NOTÍCIAS
SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE JÁ TEM PLANO ESTRATÉGICO E DE MARKETING PARA O TURISMO
2018-02-28

Presidente do IPDT, consultor do projeto, apresenta a estratégia no dia 1 de março no decorrer da Bolsa de Turismo de Lisboa.

9 EM CADA 10 PORTUGUESES VÃO GOZAR FÉRIAS ESTE ANO
2018-01-26

Estudo do IPDT revela que o número de portugueses com intenção de gozar férias este ano é superior a 2017