PORTUGUÊS ENGLISH
  |  
NOTÍCIAS
SEIS DIAS, 762 EUROS: COMO UM TURISTA EXPERIMENTA O PORTO E NORTE
2015-08-11

O turista que chegou por via aérea e visitou o Porto e o Norte de Portugal entre abril e junho fica uma média de seis dias, prefere hotéis no Grande Porto, experimenta a gastronomia e gasta uma média global de 762 euros.

São dados de um estudo agora revelado sobre o perfil dos turistas. Estão a gastar menos em estadia e a gastronomia é dos interesses mais transversais. Brasileiros são os que gastam mais, franceses estão entre os que gastam menos.

 

Um estudo sobre o "Perfil dos Turistas do Porto e Norte de Portugal - 2.º trimestre" indica que a maioria dos turistas que visitou a região é casada, vive em agregados familiares com duas a três pessoas, tem idades entre os 26 e os 50 anos, pertence às classes média e média-alta, tem rendimentos familiares mensais entre mil a três mil euros e formação ao nível do ensino secundário ou do ensino superior.

Os turistas que ficam a pernoitar no grande Porto preferem alojar-se em hotéis (40%), pensões (21,1%) e casa de familiares e amigos (28%).

O turista fica em média de seis noites na região e gasta uma média global de 762 euros, sendo que pela estadia gastou uma média de 389 euros, um valor inferior ao alcançado no trimestre homólogo, em 2014, que se situava nos 487 euros. Aquele decréscimo reflete a diminuição dos tempos de estada média na região.

Os turistas brasileiros são os que gastam mais no Porto e Norte de Portugal - com um consumo médio de 98 euros por pessoa e noite - e são também os que permanecem mais tempo na região. Já os luxemburgueses, belgas, suíços e franceses são os gastam menos, variando entre 33 e 51 euros.

A maioria dos turistas dormiu na cidade Porto (45,2%), Gaia (19,6%) ou Maia (13,1%), principalmente os que viagem de férias ou em negócios, embora os que vêm visitar familiares e amigos pernoitaram em Matosinhos (9,8%), Valongo (6,5%) ou Gondomar (5,3%).

Depois do Grande Porto, os turistas elegem Braga como a cidade onde preferem pernoitar. Guimarães, Póvoa de Varzim, Viana do Castelo, Chaves e Espinho são as outras localidades com mais incidência de pernoita.

Experimentar a gastronomia é a principal atividade praticada por 96% dos turistas que visita a região, revela o estudo mais recente sobre o perfil do turista que veio ao Porto e Norte de Portugal. Passeios de carro (67%), observar a paisagem (57%), gozar a animação noturna (53,1%), fazer compras de artesanato (44,0%), visitar o Vale do Douro (34,6%) e visitar monumentos, como as Caves do Vinho do Porto (27,3%), são outras das atividades mais praticadas na região.

O principal atrativo que os turistas destacam na região é a "hospitalidade", logo depois os "voos de baixo custo" das companhias aéreas, o "alojamento", a "gastronomia", "os vinhos e as paisagens". Um dado do estudo a destacar é que a maioria dos turistas inquiridos (71%) já tinha visitado a região norte de Portugal, com exceção dos turistas em negócios (56%), que nunca tinha visitado a zona.

O principal motivo para os turistas estrangeiros visitarem o Porto e Norte de Portugal é o facto de estarem de férias e a principal razão que os traz à região é sem dúvida a "beleza natural", seguida do "Vale do Douro" e "gastronomia", lê-se no estudo, que refere que as outras motivações são a "visita a familiares/amigos e os negócios", designadamente para "reuniões de trabalho" ou "vendas de serviços".

Os principais mercados emissores de turistas estrangeiros ao Porto e Norte de Portugal continuam a ser a França, Espanha, Suíça, Alemanha e Reino Unido. As companhias aéreas mais utilizadas para a viagem destes turistas são TAP (31,6%) e a Ryanair (29,2%), seguida pela Easyjet (13,3%) e depois Transavia (5,5%) e Lufthansa (5,0%).

O estudo foi realizado pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT) no segundo trimestre deste ano - abril, maio e junho -, em parceria com a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal e o Aeroporto Sá Carneiro. Os inquiridos selecionados para a amostra foram 418 turistas, que se encontravam na sala de embarque do aeroporto a aguardar pelo voo.

Fonte: Expresso.pt

 

> O ESTUDO

OUTRAS NOTÍCIAS
NÍVEL DE CONFIANÇA NO SETOR DO TURISMO ATINGE NOVO MÁXIMO
2017-06-01

“O nível de confiança em alta permite-nos perspetivar um ano de 2017 com novos recordes” refere António Jorge Costa sobre as previsões do Barómetro.

PARTICIPE E HABILITE-SE A GANHAR UMA VIAGEM A PORTO SANTO PARA DOIS
2017-05-19

Passatempo do estudo de intenções de férias dos Portugueses para o Verão 2017 decorre até 4 de junho.

TURISTAS QUE VISITAM O PORTO E NORTE GASTAM CADA VEZ MAIS NO DESTINO
2017-05-12

Estudo do IPDT mostra que os turistas que visitam a região ficam, em média, sete noites no destino e gastam perto de 1000€

MAIS DE METADE DOS PORTUGUESES VAI GOZAR FÉRIAS NESTA PÁSCOA
2017-04-07

Número de turistas que vão de férias neste período representa um acréscimo de 5 por cento face a 2016

Carregar mais
INFORMAÇÃO PARA OS MEDIA

Os sumários dos estudos desenvolvidos estão disponíveis para os meios de comunicação acreditados. Por favor contacte:
Direção de Comunicação IPDT
Daniela Rodrigues

+351 226 097 060
Se desejar outro tipo de informação por favor preencha o formulário: